Modelação e Fabrico Assistidos por Computador

Apresentação

A tendência que se observa na indústria caracteriza-se por um maior nível de digitalização dos sistemas produtivos, feita através da utilização crescente de sistemas automatizados e de tecnologias de informação e comunicação (TICs). Esta tendência é correntemente descrita como a “4ª revolução industrial” ou “Indústria 4.0” e este curso visa formar pessoas para este processo de mudança ou para esta nova era da indústria. Com este curso, os formandos estarão capacitados para operarem equipamentos controlados por computador e para exercerem ou apoiarem funções de gestão desses mesmos equipamentos ou sistemas, avaliando, supervisionando e coordenando as atividades nas áreas da modelação assistida por computador e da programação e operação de equipamentos.

Objetivos

  • Utilizar sistemas assistidos por computador na modelação de produto e processos, bem como na execução de operações de fabrico
  • Elaborar e implementar procedimentos para a modelação assistida por computador
  • Elaborar e implementar procedimentos para a programação de equipamentos com controlo automático
  • Elaborar e implementar procedimentos para a operação de equipamentos com controlo automático
  • Coordenar processos de melhoria contínua nas empresas
  • Elaborar e implementar o planeamento e controlo do trabalho na empresa

Plano de estudos

Plano de estudos

Homologação

Registo inicial: R/Cr 10/2016 de 18-05-2016

Diplomas legais: Aviso nº 3556/2018 de 19/03/2018

Saídas profissionais

Técnicos com um perfil transversal que permita que exerçam as suas funções em paralelo com as duas especialidades, ou seja, que apresentem um perfil polivalente em modelação e fabrico assistidos por computador.

Razões para a escolha do curso

A existência de técnicos com esta formação constitui uma oportunidade para as empresas incrementarem a sua produtividade, promoverem a qualidade dos seus produtos e aumentarem a satisfação dos clientes.

A maior parte das empresas na área da metalomecânica apresenta pequena ou média dimensão, tendo uma grande dificuldade em termos da sua organização. Ao mesmo tempo, não conseguem ter a capacidade para promover as ações necessárias à implementação de um programa de melhoria, seja a nível de organização seja a nível de atualização das tecnologias mais adequadas para o seu funcionamento. Justifica-se, assim, a oferta de um curso que forme técnicos com um perfil transversal, que lhes permita exercer funções naquelas duas especialidades, ou seja, que apresentem um perfil polivalente em modelação e fabrico assistidos por computador.

Duração e total de créditos ECTS

2 anos | 120 ECTS

Coordenação do curso

Professor Doutor Pedro Filipe do Carmo Cunha | pedro.cunha@estsetubal.ips.pt

Propina anual

€ 750,00 (em 10 prestações - consulte regulamentação de propinas)

Número de vagas

Não disponibiliza vagas em 2018/19

Condições de acesso e ingresso

Podem candidatar-se:

  • Titulares do Ensino Secundário (regular ou profissional)
  • Titulares de CET, CTeSP ou Curso Superior
  • Titulares das Provas para Maiores de 23 Anos

Consulte aqui as condições de acesso específicas para o Regime Geral
Consulte aqui as condições de acesso específicas para o Regime de M23
Consulte aqui as condições de acesso a Mudança de Par Instituição/Curso e Reingresso

Pré-requisitos

Não aplicável.

Outra informação

Lista de Empresas com as quais foram celebrados Protocolos de estágio:

  • RARI - Construções Metálicas, Engenharia, Projectos e Soluções Industriais, S.A.
  • 4X4 Multitrabalhos de Construção Civil, Unipessoal Lda
  • Lauak Portuguesa - Indústria Aeronáutica, Lda
  • Alstom Portugal, S.A.
  • Imeguisa Portugal - Indústrias Metálicas Reunidas, S.A.
  • Mectop - Metalomecanica de Precisão, Lda
  • Volkswagen Autoeuropa, Lda
  • Meditor, Unipessoal Lda
  • Visteon Portuguesa, Lda
  • Micronorma - Comércio e Indústria de Ferramentas , S.A
  • João de Deus e Filhos SA.